BJD


Polícia


Polícia Civil investiga assalto na região central e sequestro relâmpago de militar
Por Da redação   Quinta-Feira,  21 JUL 2011
Versão para impressão
Tamanho dos carácteres

 Está em andamento a investigação sobre um assalto ocorrido na região da central da cidade, e sequestro de um policial militar durante a fuga. O caso aconteceu na última sexta-feira, 15, mas só foi divulgado pela Polícia Civil nessa semana.

A reportagem apurou que por volta das 15h30 de sexta, um casal, mediante agressão, roubou a bolsa de uma mulher que continha cerca de R$ 8.300,00 em dinheiro. Ela retornava ao trabalho depois de sair do banco e foi abordada pelos assaltantes na Rua Cel. João Leme.

De acordo com o Boletim de Ocorrência, o policial militar Maurício Rodrigues Bonfim estava no interior do veículo (placas DNY 1046) estacionado próximo à Igreja do Rosário, quando foi abordado pelo casal.

Mediante ameaça de arma de fogo, possivelmente um revólver calibre 38, os assaltantes entraram no carro e fugiram com a vítima sentido Bairro Lavapés. Depois de cruzar as ruas Cel. Teófilo Leme, Clemente Ferreira, Dr. Candido Fontoura da Silveira, eles seguiram pela Rodovia Capitão Barduíno e pegaram o trevo de acesso à Rodovia Benevenuto Moretto, rumo a Tuiuti.

Já naquela cidade, o casal seguiu até uma estrada de terra, onde abandonou a vítima e o veículo. Consta ainda no Boletim de Ocorrência, que os assaltantes exigiram que o policial permanecesse abaixado no interior do veículo enquanto o homem falava ao telefone celular. Depois de algum tempo no carro, a vítima percebeu a chegada de outro veículo que deu fuga ao casal.

O policial também relatou na delegacia que nas proximidades de Tuiuti, o casal queria ir para Morungaba, mas dizia que o automóvel da vítima estava com pouco combustível, impossibilitando a chegada na cidade. Após a fuga dos sequestradores, o policial solicitou a uma moradora da Fazenda Nazaré, nas imediações do local onde foi abandonado, que lhe emprestasse o telefone para comunicar o fato à Polícia Militar da Tuiuti.

Contatada, a PM compareceu ao local e encaminhou a vítima até o Plantão Central da Polícia Civil, em Bragança Paulista. Segundo as informações, no interior do carro do policial foram apreendidos dois capacetes abandonados pelo casal. O delegado de plantão solicitou perícia técnica no veículo do policial e nos capacetes. O objetivo é levantar impressões digitais dos assaltantes.

A Polícia Civil informou que a investigação está em andamento e que será realizada de maneira cautelosa, porém célere, conforme solicitação do delegado Seccional Fernão Dias da Silva Leme. A Polícia Militar disse que o policial vítima de sequestro não atua em Bragança Paulista, o que dificultaria a concessão de uma entrevista, conforme solicitado pela reportagem do BJD.